Você está em: Novos produtos

Vinícola Galiotto celebra 52 anos com inovação de seu vinho de mesa


ampliar imagem
          1 avaliações   0 Comentários
A Vinícola Galiotto, de Flores da Cunha (RS), está celebrando 52 anos, e para comemorar acaba de inovar sua linha de vinho de mesa. A principal mudança é a presença de um cacho de uva estilizado no rótulo, que reflete a modernização da vinícola, além de prestar uma homenagem à uva, esta fruta que é a essência de todo o trabalho da empresa. Além disso, o tradicional brasão foi suprimido, para dar maior leveza visual à garrafa.

De acordo com a empresa, juntamente com a campanha de lançamento do novo rótulo, será adotada uma nova identidade visual para a marca Galiotto, que será composta pelas mesmas formas geométricas utilizadas nos grãos da uva estilizada, com cores vibrantes e traços modernos. Irá trazer ainda seis ilustrações que remetem a momentos do dia a dia de pessoas apreciando vinho; peças que irão estampar todos os materiais gráficos, site e mídias sociais da empresa.

Com o intuito de se aproximar do consumidor, a nova linguagem da marca Galiotto visa tornar o vinho de mesa mais inclusivo e acessível, um produto adequado para ser consumido em todos os momentos, sem a formalidade de necessitar de um ‘momento especial’ para se fazer um brinde. Premissa refletida no slogan que acompanha todo o novo posicionamento de marca da empresa: “Inspirar você todos os dias.”

“Um produto tão tradicional quanto o vinho, que existe há milhares de séculos e é consumido desde as épocas mais remotas da civilização, precisa ser de fácil acesso para o público. Por isso, a nossa ideia é descomplicar o vinho e seu consumo”, afirma Janaína Galiotto, gerente de marketing da vinícola. Diante dessa premissa, os novos rótulos são considerados um marco no segmento, trazendo além da tecnologia e qualidade, um novo conceito para o produto, com uma forma mais moderna e atual de ver o vinho de mesa.

A tendência de ampliar o consumo da bebida é comprovada pelos números do cenário vitivinícola que, em 2017, registrou um aumento de 169% na produção geral de vinhos no Brasil. Esse percentual faz com que o Brasil ocupe a 14ª posição no ranking de maiores produtores do mundo, conforme dados da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV).

De acordo com Janaína, junto com a popularização do produto é preciso também afastar o preconceito que existe no segmento, que diferencia Vinhos de Mesa e Vinhos Finos. Para conhecimento, a distinção ocorre devido à origem das uvas com as quais os vinhos são feitos. Os de mesa utilizam uvas americanas de espécies híbridas, enquanto os vinhos finos são produzidos exclusivamente com uvas do gênero Vitis Viníferas. Porém, apesar dessa diferenciação, ambas variedades são capazes de produzir bebidas de excelente qualidade, com destaques característicos individuais.

Para se ter uma ideia, segundo dados divulgados pela Wine Inteligence’s Brazil Landcapes 2017, o mercado de consumidores de vinho no Brasil saltou de 22 para 30 milhões de pessoas. Quantidade que garante um consumo anual de cerca de dois litros per capita, com incremento de 15,85% entre 2014 e 2016 na compra de vinhos brasileiros, conforme o Ibravin (Instituto Brasileiro de Vinho). Números que atestam o gosto do brasileiro pelo vinho nacional.

Vinícola Galiotto

Há 52 anos, a Vinícola Galiotto produz vinhos de mesa com métodos modernos de automatização da produção, além de dispor de um parque fabril com 10 mil metros quadrados e capacidade de armazenamento para 10 milhões de litros. Os vinhos produzidos pela Galiotto são distribuídos para 24 dos 26 Estados brasileiros, com destaque para a capital carioca, o Rio de Janeiro, consumidor mais assíduo dos seus produtos.


Vinícola Galiotto

www.vinicolagaliotto.com.br


9/2018
0 Comentarios

Envie seu comentário





Comentário:

 
AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de nosso portal. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ABRAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada
- Expediente - Política de privacidade - Entre em Contato